Business & People Management

Avaliação de Potencial

“Na guerra atual por talentos, a melhor forma de segurar as vossas estrelas é conhecê-las melhor do que elas próprias, e usar essa informação para adaptar as carreiras aos seus sonhos.”

Conhece o potencial de seus colaboradores? Precisa de preencher uma vaga, na sua empresa? Bem, poderá indicar um profissional interno com a certeza que ele corresponderá ao perfil em aberto. Os programas de formação definidos para os seus colaboradores têm trazido resultados significativos e contribuído para tornar sua empresa mais competitiva? A sua empresa tem uma estratégia para conhecer as expectativas dos colaboradores?

Muitos fatores inibem as organizações e os gestores de adquirirem informação suficiente sobre os seus colaboradores para tomarem as melhores decisões possíveis quer para a organização, quer para as pessoas. Existem, pelo menos, três razões para isso:

● Os colaboradores têm tendência para valorizar as suas qualificações;
● Alguns gestores têm tendência para filtrar ou enviesar os resultados da avaliação de desempenho dos seus colaboradores;
● É difícil “ler” as pessoas.

Assessments válidos podem pôr a descoberto informação crucial sobre o colaborador de uma forma bastante cost efective.

Os Assessments permitem melhorar:


● O Compromisso dos colaboradores, a sua produtividade e retenção;
● Gerir a produtividade e eficiência;
● O relacionamento das equipas, produtividade e sucesso;
● Satisfação do cliente e fidelidade;
● Clima organizacional e cultura;
● Planeamento estratégico da força de trabalho;
● Comunicação entre chefias e colaboradores;
● Integração pós fusões e/ou aquisições;
● Alinhamento organizacional e eficiência.

Profile XT (PXT)

O Assessment PXT mede a forma como o individuo se adapta a funções específicas na sua organização. O “job Matching” disponibilizado na ferramenta é único e pemite-lhe avaliar uma pessoa em relação às qualidades requeridas para desempenhar, de forma eficaz uma dada função. É usado para seleção, acolhimento, gestão e planeamento estratégico da força de trabalho.
Este Assessment revela informação consistente, profunda e objectiva sobre a forma de pensar, estilo de atuação, traços de comportamento, interesses ocupacionais de um candidato. A sua utilização ajuda a focar a sua entrevista nos aspectos mais relevantes. Permite também aumentar a probabilidade de sucesso numa função e fornecer recomendações práticas num processo de coaching, com vista a maximizar a performance.

Process Step1

Process Step2

Profiles Performance Indicator (PPI)

O Profiles Performance Indicator é um Assessment tipo DISC que revela aspectos personalísticos do individuo que podem ter impacto no seu ajustamento à chefia, colegas de trabalho e equipa, bem como ao desempenho profissional. É usado primariamente em processos de coaching a colaboradores.
O PPI mede especificamente a intensidade motivacional e os comportamentos relacionados com produtividade, orientação para a qualidade, iniciativa, trabalho de equipa, resolução de problemas, adaptação à mudança, bem como a capacidade de resposta ao conflito, frustração e stress. O output deste Assessment serve como um guia para lidar com a pessoa em causa, permitindo aos gestores uma intervenção mais orientada para motivar e comunicar com ele. Também ajuda a predizer conflito entre os elementos de uma equipa de trabalho.


Checkpoint 360

O checkpoint Management System é um Assessment 360. É usado para avaliar a eficácia das suas chefias e líderes. Este Assessment combina feedback de pessoas que se relacionam diretamente - colegas de trabalho, supervisores e mesmo clientes - com um programa específico para desenvolver Skills de liderança baseado no feedback. Este processo analisa a performance da chefia em 8 clusters de competências: comunicação, liderança, adaptabilidade, relacionamento, gestão de tarefas, produção, desenvolvimento de outros e desenvolvimento Pessoal.
O Checkpoint 360 auxilia os gestores a identificar e priorizar as suas próprias oportunidades de desenvolvimento e auxilia a organização a melhorar o focus do seu investimento em formação das suas chefias. De forma proactiva, coloca a descoberto desalinhamentos de prioridades entre os executivos séniores e os gestores de primeira linha que podem originar baixa produtividade e desmotivação dos subordinados.

Process Step3